Mundial Masculino · Todos os posts

Brasil perde mas continua vivo

Mesmo perdendo da fortíssima seleção da Austrália (63×57), o Brasil continua firme na segunda fase do Mundial sub 19. Dependendo do resultado de Rússia e Argentina (estão jogando neste momento) poderemos encerrar o dia em segundo lugar do grupo. No outro jogo do grupo, já terminado, a Polônia venceu a Letônia por 86×78.

Amanhã o Brasil enfrenta a Argentina, Rússia x Letônia e Austrália x Polônia.

No grupo F, em jogo emocionante os EUA venceram a Lituânia, na prorrogação por 107×105 e continuam firmes na liderança, com os Lituanos em segundo lugar. No clássico da ex-Iugoslávia a Sérvia bateu a Croácia (73 x 68) e , em jogo de já desclassificados o Canadá venceu o Egito por 91 x 71.

Como o jogo do Brasil não teve link para acompanharmos ao vivo, novamente só podemos repassar números. Mas dois fatores podem ter contribuído para essa derrota: o excessivo número de bolas perdidas do Brasil (20) contra somente 8 da Austrália e o início do quarto período, quando o Brasil levou 7×0, abrindo uma diferença de 10 pontos.

Os números mostraram muito equilíbrio, exceto nas bolas perdidas e recuperadas, itens nos quais a Austrália teve grande vantagem. O que se nota também é o baixo aproveitamento das duas equipes nos arremessos de 3 pts, principalmente o Brasil que teve 2/17. Seguem os dados (Brasil/Austrália):

2 pontos: 45%/37%

3 pontos: 12%/20%

L.Livres: 79%/69%

Rebotes: 44/37

Assists: 6/7

Bolas recuperadas: 3/15

Bolas perdidas: 20/8

No Brasil os destaques individuais foram:

Cestinhas: Raul – 19 e Cristiano – 16

Rebotes: Lucas 16 e Cristiano – 12

Tocos: Lucas – 4

O cestinha da partida foi o Australiano Creek com 23 pontos, obtendo ainda 10 rebotes.

Anúncios

2 comentários em “Brasil perde mas continua vivo

  1. O Brasil não tem como ficar em 2o. porque a Polônia está com 4 vitórias e 1 derrota, junto com a Austrália. Mas com a combinação de resultados de amanhã tudo pode acontecer pois o saldo de pontos do Brasil é muito bom.

    Sobre o último quarto, quem acompanhou play by play viu que a Austrália pegou um número absurdo de rebotes ofensivos, e o Brasil cometeu também um número excessivo de turnovers nesse período, com tudo isso junto o Brasil conseguiu perder um jogo em que os 2 times se esforçaram bastante pra perder. Basta ver que o cestinha do campeonato, o Drmic, fez só 2 pontos e errou os 10 arremessos que ele tentou.

  2. Esta é uma faze que deve ser sempre lembrada e renovada todos os anos para o basquete brasileiro.
    sou ala-armador do São Caetano,joguei na seleção brasileira sub-13,e admiro sim todo este investimento.Já me disseram que sou louco mais meu campionato prefeido,e na minha opinião o melhor do mundo nao é a liga profissional americana NBA,e sim a EUROLIGA,claro melhor exemplo para nós,pois lá vemos fundamentos por todos os jogadores e técnicas de jogadas,não só como a NBA que só vemos “explosões”dos jogadores americanos.E fundamentos,somente pelos estrangeiros,exemplo o ala-pivô dos Lakers,o espanhol Pau Gasol, o alemao pivô do Dallas Dirk Nowitzki,alias escola europeia sempre foi boa,ótima,aliás na década de 1970 eramos ao mesmo patamar deles,daí eles começaram a investir em categorias de base,e nós não,por isso desta queda tao grande e agora nova volta novos tempos,e ainda mais com a chegada no novo basquete brasil NBB que ta um sucesso. meu padrinho ja foi atleta do São Caetano na decada de 1.970 e me conta estas histórias,senhor Sidinei Coleone
    é uma faze muito boa me espelho neles pois tenho 14 anos ,ouseja jovem como eles,mais ja tenho 1.84 por isso optei o basquetebol,ja tentei o volei mais gostei.
    É iso ai Brasil investindo em categorias de base para o futuro que tanto prescisamos,por treinadores também, reuniões cada um mostrando seus projetos, ou seja , mais intercâmbios com equipes do esterior,não somente com a seleção e sim com times do NBB tambem,ontem quando estava vendo o Brasil ganhando o ouro nos jogos militares sobre a Grécia no basquetebol recebi a noticia que o Brasil tinha ganhado da Argentina na base por 77 a 48 e isso ai parabéns Brasil.

Os comentários estão fechados.