História do Basquetebol · Jogos Olímpicos · Todos os posts

Basquetebol Feminino: 15 anos da prata em Atlanta

Há 15 anos o Brasil conquistava a prata nos Jogos Olímpicos de Atlanta, depois do título mundial em 1994.

Sob o comando de Miguel Ângelo da Luz, Sérgio Maroneze e Hermes Balbino e do grande prof. Waldyr Pagan, as meninas fizeram uma campanha brilhante (7v-1d).

Os jogos:

Canadá – 69-56; Rússia – 82-68; Japão – 100-80; China – 98-83; Itália – 75-73; Cuba – 101-69; Ucrânia – 81-60 e EUA – 87-111.

Foram 693 pts a favor (86,6/jogo) e 600 contra (75,0/jogo).

A equipe: Hortência, Branca, Adriana Santos, Leila, Paula, Janeth, Roseli, Marta, Sílvia Luz, Alessandra, Cintia Tuiú e Cláudia Pastor.

Janeth foi a cestinha com média de 17,8 pts/jogo. Alessandra a reboteira (8,2). Paula a melhor assistência (5,8) e Leila a melhorem bolas recuperadas (2,6).

Essa conquista consolidou uma geração que parte dela ainda conquistaria o bronze em Sydney.

Parabéns a todos os componentes desta maravilhosa equipe e que sirvam de exemplo para as novas gerações que surgem.

Anúncios

Um comentário em “Basquetebol Feminino: 15 anos da prata em Atlanta

  1. Prezado Dante
    Como muitos, também sou dos que acompanham suas mensagens. Isso posto, quero aqui expressar minha alegria pela lembrança sobre os 15 anos da conquista da medalha de prata do Brasil nos Jogos Olímpicos de Atlanta, naquele maravilhoso período dessa equipe de basquetebol feminina.
    Ainda, registrar minha alegria, satisfação e honra de poder conviver durante esses também últimos 15 anos, quase que diariamente aqui na Universidade Estadual de Campinas, com o profissional qualificado – e querido amigo – que é o prof. Hermes Balbino, com quem muito conversei, trabalhei e aprendi. Me contou belas histórias desse período.
    Não pude ter essa convivência com o Prof. Sergio nem com o prof. Miguel, mas o prof. Hermes sempre me relatou coisas muito boas sobre o trabalho deles, o execlente planejamento e dedicação de todos e, logicamente, materializado pelas jogadoras do Brasil.
    Portanto, faço uso desse espaço importante para parabenizar do trabalho de toda a comissão técnica (também o Valdir Pagan) e da minha honra de conviver com o prof. Hermes Balbino.

    abs a todos

    Cesar
    Prof. Dr. Paulo Cesar Montagner
    FEF-Unicamp

Os comentários estão fechados.