Estatísticas · Jogos Pan-Americanos · Todos os posts

A campanha do masculino nos Jogos Pan-Americanos

Não se pode negar que a campanha do basquetebol masculino no Pan não foi aquilo que esperávamos. Após a conquista da vaga para os Jogos Olímpicos de Londres esperava-se uma atuação de gala de nossos rapazes.

Mas, as circunstâncias nos levaram a um quinto lugar em um torneio no qual somente Porto Rico apresentou-se com sua força máxima.

Uma equipe mesclada de jovens e atletas experientes, o pouco tempo de preparação e o fato do Pan não ser um torneio classificatório podem ser computados como fatores que nos colocaram na pior posição desde 1991.

No entanto, em minha opinião, isto não deve servir para que o trabalho até agora realizado seja desqualificado. Deve sim, servir para refletirmos sobre os objetivos que devem ser priorizados na disputa deste torneio.

Será que não seria o momento para darmos oportunidade para que jovens atletas tivessem a experiência de participar de um evento internacional sem a preocupação única de se conseguir medalhas? Seria muito utópico?

Enfim, são assuntos que deveriam ser discutidos com maior profundidade pelas pessoas que comandam o basquetebol no Brasil.

Neste ano de 2011 nosso basquetebol masculino realizou quatro partidas (2v – 2d):

Brasil 80 x 71 Uruguay

Brasil 77 x 88 Estados Unidos

Brasil 77 x 85 Rep. Dominicana

Brasil 74 x 56 Canadá

Estatísticas

Pts a favor – 77,0

Pts contra – 75,0

2 pts – 77/157 (49%)

3 pts – 28/93 (30%)

L.Livres – 70/93 (75%)

Reb. Defesa – 23,8

Reb.Ataque – 8,8

Assists – 14,8

B.Recuperadas – 7,3

B.Perdidas – 15,5

Destaques individuais

Cestinha: Marcelinho (14,3)

Rebotes: Giovannonni (6,0)

Assists: Nezinho (4,5)

Anúncios

Um comentário em “A campanha do masculino nos Jogos Pan-Americanos

  1. Lamentável a participação do Brasil no Panamericano, no Basquetebol, no feminino, nunca deveria ter levado a péssima Iziane, uma jogadora que não agrega nada, muito pelo contrário, acabou com a alegria da equipe.No masculino, estão de brincadeira, depois de uma campanha brilhante no Pré Olimpíco, levou uma equipe totalmente destruturada. Porque não pararam por uma semana o campeonato Paulista e outros pelo Brasil, para levar os melhores que estavam aqui mesmo no Brasil, quiseram fazer uma restruturação sem ter, Basquete não é Volei que existem vários jogadores de nível. não achei graça nenhuma na campanha do Pan, lamentável.

Os comentários estão fechados.