História do Basquetebol · Todos os posts

A Pirâmide do Hall da Fama da NBA

Amigos do Basquetebol

O livro “The book of basketball” de Bill Simons (ESPN Books, New York, 2009) traz uma classificação interessante dos jogadores da NBA de acordo com alguns critérios arbitrários adotados pelo autor. Essa classificação é chamada de Pirâmide do Hall da Fama.

Ela é composta de cinco níveis, sendo que o quinto é chamado de  “pantheon”.  Nela são listados 96 atletas que, na visão do autor, foram os mais importantes da história do basquetebol profissional norte-americano.

Neste post trago a vocês essa relação, acompanhada dos critérios que fazem com que os atletas estejam classificados em cada um dos níveis da pirâmide.

Nível 1 – São os jogadores que,  tiveam destaque em suas equipes e não chegaram a vencer qualquer título, ou tiveram carreiras curtas ou ainda que tiveram carreiras regulares sem serem excepcionais.

São eles: Tom Chambers, Jo Jo White, Jack Twyman, Kevin Johnson, Bob Lanier, Bailey Howell, Chris Paul, Vince Carter, Shawn Kemp, Gail Goodrich, Connie Hawkins, Arvydas Sabonis, Robert Horry, Cliff Hagan, Chris Mullin, Dave Bing, Bobby Dandridge, Paul Westphal, Dwight Howard, Tracy McGrady, Dan Issel, Artis Gilmore, Joe Dumars, Sidney Moncrief, Chris Webber, Lenny Wilkens, David Thompson, Dennis Rodman, Pete Maravich, Earl Monroe, Adrian Dantley, Alex English, Jerry Lucas, Reggie Miller e Ray Allen.

Nível 2: neste nível estão relacionados os atletas que por alguma dessas razões não chegaram ao nível 3: nunca ganharam títulos como atletas de elite, alguma coisa faltou na totalidade de suas carreiras, não estiveram por dois ou três anos na condição de titulares de suas equipes, pelos menos dois ou três atletas jogavam em suas posições e eram melhores ou suas carreiras foram abreviadas por lesões ou declínio técnico.

São eles: Bob McAdoo, Nate Archibald, Bob Parish, Bernard King, Tommy Heinsohn, Paul Arizin, Dominique Wilkins, Dennis Johnson, Bill Sharman, Dolph Schayes, Elvin Hayes, James Worthy, Billy Cunningham, Hall Greeer, Paul Pierce, Dave Debusschere, Nate Thrumond, Clyde Drexler, Jason Kidd, Wes Unseld, Gary Payton, Pat Ewing e Dirk Nowitzki.

Nível 3: são os atletas que sempre estiveram entre os melhores nas estatísticas.

São eles: George Mikan, Allen Iverson, Steve Nash, Kevin McHale, George Gervin, Sam Jones, Walt Frazier, Dave Cowens, Willis Reed, David Robinson, Dwyane Wade, Bill Walton, Rick Barry e Jonh Stockton.

Nível 4: são atletas considerados os melhores de todos os tempos em alguma classificação ou são atletas que foram decisivos em suas equipes com momentos memoráveis.

São eles: Scottie Pippen, Isiah Thomas, Kevin Garnett, Bob Cousy, Lebron James, Charles Barkley, Karl Malone, Bob Pettit, Julius Erving, Elgin Baylor e John Havlicek.

Pantheon: são os melhores de todos os tempos.

São eles: Moses Malone, Shaquille O´Neal, Hakeen Olajuwon, Oscar Robertson, Jerry West, Kobe Bryant, Tim Duncan, Wilt Chamberlain, Larry Bird, Magic Johnson, Kareem Abdul-Jabbar, Bill Russel e Michael Jordan.

É claro que poderemos discordar de alguns jogadores, sentiremos falta de outros, mas vale a curiosidade e relembrar grandes nomes da NBA. Vale também lembrar que a publicação é de 2009, portanto algumas estrelas recentes (como Kevin Durant) não aparecem na relação.

Os jogadores são classificados em ordem decrescente (96 ao primeiro). Sendo assim poderíamos considerar que o time ideal seria: Michael Jordan, Magic Johnson,  Kareem Abdul-Jabbar, Bill Russel e Larry Bird. Desse time dá para discordar?

Anúncios

Um comentário em “A Pirâmide do Hall da Fama da NBA

Os comentários estão fechados.