História do Basquetebol · Mundial Masculino · Todos os posts

Mundial Masculino -1963 – definidos os finalistas

Amigos do Basquetebol

Chegamos ao final da fase de classificação do Campeonato Mundial de Basquetebol.

Sem surpresas, as equipes da União Soviética e França (grupo A), Yugoslávia e Porto Rico (grupo B) e Estados Unidos e Itália (grupo C) obtiveram suas classificações para a fase final do Mundial que será disputada a partir de amanhã (dia 16) no Rio de Janeiro.

Pelo grupo A a URSS bateu o Uruguay por 94×75 e a França venceu o Canadá por 79 x 57.

Pelo grupo B a Yugoslávia venceu Porto Rico (83 x 78 em um jogo muito disputado e o Japão surpreendeu o Peru por 70 x 50.

Pelo grupo C os EUA venceram a Itália por 87 x 77 e O México derrotou a Argentina por 84 x 82.

Atuaram os seguintes árbitros brasileiros: Carlos Gazelli ( CAN x FRA), Renato Righetto (URU x URSS), José de Oliveira (PRI x YUG), Nilton Agra (ITA x EUA).

Destaques desta primeira fase:

Melhores ataques: Yugoslávia – 262 pts (87,3); Itália – 258 pts (86,0) e Estados Unidos – 256 pts (85,3)

Melhores defesas: União Soviética – 177 pts (59,0); França – 181 pts (60,3) e Estados Unidos – 202 pts (67,3)

Os cestinhas foram:

Korac (YUG) – 71 pts (27,0); Valle (PRI) – 62 pts (20,6) e Baez (PRI) – 60 pts (20,0)

Korac, o grande astro da Yugoslávia e cestinha da fase de classificação
Korac, o grande astro da Yugoslávia e cestinha da fase de classificação

Hoje é dia de folga. Agora as equipes classificadas irão se juntar ao Brasil para a fase final no Rio de Janeiro e as equipes não classificadas disputarão de 8o. a 13o. lugar em Petrópolis. As duas fases terão início amanhã.

A estreia do Brasil na fase final será contra a seleção de Porto Rico. Nos Jogos Pan Americanos recém terminados o Brasil venceu os portorriquehos por 81 x 67 e espera reeditar a boa apresentação daquele jogo.

Os demais jogos da primeira rodada da fase final serão: União Soviética x França e Estados Unidos x Yugoslávia. Nesses jogos dois árbitros brasileiros atuarão: Oswaldo Gelsomini (URSS xFRA) e Carlos Gazelli (EUA x YUG).

Pela disputa do 8o. ao 13o. lugares jogarão em Petrópolis: Argentina x México e Peru x Canadá com a atuação do árbitro brasileiro Nilton Agra.

Anúncios