Todos os posts

Mundial – 1963: Brasil derrota Porto Rico em sua estreia

Amigos do Basquetebol

Ontem, em sua estreia na fase final do Mundial de Basquetebol, o Brasil, depois de estar perdendo o primeiro tempo por 25 x 27, conseguiu uma expressiva vitória sobre Porto Rico – 62 x 55. Como em toda estreia, a equipe mostrou-se um pouco nervosa, mas conseguiu se equilibrar durante a segunda etapa para garantir pontos importantes nesta fase final, onde todos se enfrentarão.

Pelo Brasil atuaram: Amaury (18), Wlamir (14), Ubiratan (6), Mosquito (0), Rosa Branca (6), Menon (0), Sucar (10), Victor (4), Waldemar (4). Não atuaram: Paulista, Jatyr e Fritz.

Por Porto Rico: McCadney (7), Valle (11), Cancel (2), Vicens (15), Torres (0), Siragusa (0), Bocachica (8), Baez (12).

Os árbitros da partida foram o italiano Cicoria e o soviético Kostin.

Ainda pela fase final a União Soviética venceu a França – 58×48 (25×23) com destaque para Petrov (22) e Volvnov (18) pela União Soviética e Lefevbre (21) pela França.

Esta partida teve na arbitragem o brasileiro Osvaldo Gelsomini.

No jogo que complementou a rodada a Yugoslávia surpreendeu os favoritos Estados Unidos vencendo por 75×73 (30×32). Petrichevitch com 18 pontos foi o destaque iugoslavo, enquanto que Shipp (23) foi o cestinha americano. Carlos Gazelli foi o árbitro brasileiro desta partida.

A Itália não jogou nesta rodada e estreia hoje contra o Brasil. Os demais jogos: Yugoslávia x Porto Rico e Estados Unidos x França.

Pela disputa de 8o. a 13o. lugares enfrentaram-se Argentina 88 x 86 México e Peru 66 x 59 Canadá. Quintaná (México) foi o cestinha da rodada com 24 pontos.

Agora é encarar a Itália.

Amaury, o grande destaque do jogo
Amaury, o grande destaque do jogo
Anúncios