Opinião do autor · Todos os posts

500 posts

Amigos do Basquetebol

Em 19 de agosto de 2010 o Viva o Basquetebol ia ao ar pela primeira vez.

Como costumo dizer, começou com uma simples brincadeira e pela vontade de informar os amigos do basquetebol sobre o que aconteceria no Campeonato Mundial de Basquetebol Masculino que seria realizado dias depois na Turquia.

No primeiro post eu explicava o porquê do título “Viva o Basquetebol” que foi “importado” dos festivais de basquetebol que eu realizei na USP durante alguns anos.

Inicialmente, ele representa a vida do nosso querido Basquetebol. Que ele possa viver para sempre como um dos esportes mais fascinante que conhecemos. Que no Brasil ele possa “reviver” suas fantásticas glórias e que possa “sobreviver” a tudo que for contrário a ele.

Talvez não tenhamos ainda conseguido reviver as glórias obtidas por outras gerações que nos brindaram com títulos mundiais, pan-americanos, sul americanos e medalhas olímpicas. Mas ele continua sobrevivendo às dificuldades com que a maioria dos esportes lidam no nosso país: falta de investimentos, falta de incentivo para a formação de novos talentos, falta de um maior apoio à formação de profissionais para poder trabalhar de maneira adequada com a base, falta de uma maior organização, falta de gestores profissionais, falta de divulgação, etc…

O segundo sentido é o convite para que vocês vivam as emoções do Basquetebol. Participe, divulgue, atue, escreva, critique, jogue. Enfim faça parte desse esporte.

Nesses dois anos presenciei um aumento considerável de pessoas interessadas pelo esporte, de gente escrevendo sobre o basquetebol nas redes sociais (mesmo aqueles pessimistas de plantão, o que não deixa de ser um veículo de divulgação do esporte). Muitas pessoas passaram a acompanhar sites, blogs, twiters, aumentando a rede de informações sobre nosso esporte.

E, finalmente, tem o sentido da comemoração do sucesso e recolocar o Basquetebol no lugar que ele merece.

Pudemos sim comemorar. O Basquetebol masculino voltando aos Jogos Olímpicos, fazendo boa figura no Mundial, novos talentos surgindo e um campeonato profissional muito bem pela LNB nos dando boas perspectivas para o futuro. O feminino tentando reencontrar seu caminho após sucessivas mudanças de treinadores e sua luta para encontrar talentos que possam remetê-lo aos sucessos passados.

É claro que há ainda muito a ser feito. Temos que querer mais. Temos que pensar alto. E para isto é importante que nos posicionemos de forma séria e responsável.

Neste sentido, o Viva o Basquetebol continuará sempre oferecendo algo para seus seguidores. Informação, comentários, artigos, entrevistas, cultura. Não só sobre o basquetebol, sobre o esporte de maneira geral.

E para isto vocês que prestigiam o blog são figuras centrais. O Viva o Basquetebol quer tê-los sempre presentes para  viver, reviver e comemorar esse esporte que amamos tanto.

Obrigado a todos pelo carinho nesses primeiros 500 posts e

VIVA O BASQUETEBOL!

Coração

Anúncios

Um comentário em “500 posts

Os comentários estão fechados.