Mundial Masculino · Todos os posts

Dia de folga em Granada

Amigos do Basquetebol

Hoje foi dia de folga aqui na sede de Granada e em Sevilla onde atuam, respectivamente, os grupos A e B da Copa do Mundo.

A competição teve sequência para as equipes dos grupos C e D com os seguintes resultados:

C: Angola 55 x 79 México; Austrália 82 x 75 Lituânia; Coreia 72 x 89 Eslovênia

D: Ucrânia 64 x 78 Turquia; EUA 98 x 71 N.Zelândia; Finlândia 68 x 74 R.Dominicana

Com esses resultados esta é a classificação dos dois grupos:

C – EUA (3/0); Ucrânia (2/1); R.Dominicana (2/1); Turquia (1/2); Finlândia (1/2); N.Zelândia (0/3)

D – Eslovênia (3/0); Austrália (2/1); Lituânia (2/1); México (1/2); Angola (1/2); Coreia (0/3)

Mas para o dia não ficar somente nos resultados apresento a vocês algumas curiosidades tiradas do livro oficial da Copa do Mundo, fornecido pela FIBA.

Técnicos

Dos 24 países participantes da Competição, 18 têm técnicos de sua própria nacionalidade. Seis países têm no comando um técnico estrangeiro:

Brasil (Argentino); Iran (Esloveno); P.Rico (Espanhol); N.Zelândia (Sérvio); Ucrânia (Norte Americano) e México (Espanhol).

Somente três técnicos participaram do Mundial de 2010: magnano (Brasil); Júlio Lamas (Argentina) e Collet (França).

Árbitros

A FIBA selecionou 38 árbitros para esta Copa do Mundo.

17 países participantes têm seus representantes na arbitragem, enquanto que 7 países participantes não tiveram árbitros selecionados: Egito, Iran, Senegal, Finlândia, N.Zelândia, Coreia e Lituânia

13 países que não disputam a Copa do Mundo tiveram árbitros selecionados: Kwait, Itália, Japão, Camarões, Letônia, Alemanha, Kazaquistão, Nigéria, Uruguay e Canadá.

Porto Rico é o país com o maior número de árbitros -3. A Espanha, país sede, tem 2 árbitros, assim como o Brasil que está sendo representados pelos experientes e competentes Cristiano Maranho e Marcos Benito.

Alguns números 

Jogo com maior contagem: Brasil 154 x 97 China (1978)

Jogo com menos contagem: Brasil 38 x 19 Egito (1950)

Jogo com maior diferença: URSS 140 x 48 Rep. Centro Africana(92 pontos – 1974)

Jogo com mais prorrogações: Angola 103 x 108 Alemanha (3 – 2006)

Oscar é maior cestinha dos Mundiais – 843 pontos em 35 jogos

Jogadores que marcaram o maior número de pontos em um jogo: Jae Hur (Coreia) – 54 pts x Egito em 1990; Galis (Grécia) – 53 pts x Panamá em 1986; Oscar (Brasil) – 52 pts x Austrália em 1990

O Brasil tem 3 jogadores que estiveram entre os 3 maiores cestinhas em todos os campeonatos:

Oscar (1o. em 1990) – média de 34,6 pts

Oscar (2o. em 1986) – média de 28,1 pts

Menon (3o. em 1967) – média de 18,6 pts

Paulinho Villas Boas (3o. em 1994) – média de 19,4

Maiores medalhistas:

Cosic (Iugoslávia) – 2 de ouro e 2 de prata

Wlamir Marques (Brasil) – 2 de ouro e 2 de prata

Belov (URSS) – 2 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze

Rosa Branca (Brasil) – 2 de ouro  e 1 de prata

Divac (Yugoslávia) – 2 de ouro e 1 de bronze

Paulauskas (URSS) – 2 de ouro e 1 de bronze

Jathir (Brasil) – 2 de ouro e 1 de bronze

 

Anúncios