História do Basquetebol · Personagens

A melhor dupla do basquetebol brasileiro

Amigos do Basquetebol

No ano em que comemoramos os 50 anos da conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio escrevo este post para homenagear aquela que eu considero a mais importante dupla de jogadores do basquetebol brasileiro de todos os tempos e que representa o que houve de melhor em nosso basquetebol: Amaury Pasos e Wlamir Marques.

É claro que é uma preferência pessoal e está no contexto de atletas que vi jogar a partir da década de 1960. Portanto, esta visão exclui, sem nenhum demérito, os grandes atletas que tivemos antes da década de 1960.

Ele também não pretende tirar o mérito de outras grandes atletas que muito contribuiram para colocar nosso basquetebol no mais alto nível.

É apenas uma justa homenagem aos dois atletas que, juntos, conquistaram os principais títulos do basquetebol nacional e internacional.

Amaury Pasos teve uma passagem pelo basquetebol argentino em sua juventude mas, no Brasil, iniciou sua carreira no Clube de Regatas Tietê (que hoje, infelizmente não existe mais) e jogou pelo Sírio e Corinthians.

Wlamir Marques é natural de São Vicente (SP) e atuou pelo Clube Tumiarú, XV de Piracicaba, Corinthians e Tênis Clube de Campinas.

Rivais quando atuavam pelo Sírio (Amaury) e  XV e Corinthians (Wlamir) esses dois grandes atletas sempre proporcionaram grandes batalhas nas quadras até que, em 1966, tiveram a oportunidade de atuar juntos pela grande equipe do Corinthians daquela década. E pelo Corinthians obtiveram muitos títulos paulistas, brasileiros e sulamericanos.

Também atuaram juntos em muitas seleções paulistas, conquistando diversos títulos brasileiros que, infelizmente, os registros (ou a falta deles) não me permite detalhar.

Já na Seleção esses dois “monstros sagrados” de nosso basquetebol tiveram uma trajetória muito parecida, culminando com dois títulos mundiais (59 e 63) e duas medalhas olímpicas (60 e 64).

Além desses feitos fantásticos, Amaury e Wlamir disputaram muitos Campeonatos Sul-Americanos e Pan-Americanos sagrando-se campeões em diversas oportunidades.

As conquistas

Atuando juntos, Amaury e Wlamir obtiveram as seguintes conquistas:

Corinthians: 5 títulos do Campeonato Paulista Metropolitano (66, 67, 68, 69 e 70); 3 Estaduais Paulistas (66, 68 e 69) e 2 Sul-Americanos inter clubes (66 e 69)

Seleção Brasileira:

Jogos Olímpicos: 56 (6o.), 60 (bronze) e 64 (bronze)

Campeonatos Mundiais: 54 (vice), 59 (campeão) e 63 (campeão)

Pan-Americanos: 55 (bronze), 63 (prata) e 67 (7o.)

Sul-Americanos: 58, 60, 61 e 63 – em todos o Brasil sagrou-se campeão

Nessas quatro competições, os dois atuaram juntos em 94 partidas e anotaram 2719 pontos (média de 28,9 pts por partida) , segundo fonte da CBB (www.cbb.com.br)

Opinião

Menon, um dos principais atletas brasileiros de todos os tempo e que jogou com Amaury no Sírio e com Wlamir e Amaury na Seleção Brasileira emitiu sua opinião sobre a dupla.

“Trata-se da maior dupla que o basquete brasileiro já colocou em quadra. Amaury, meu ídolo, foi, em minha opinião, o melhor e mais completo jogador brasileiro até os nossos dias. Wlamir apresentava uma versatilidade de recursos técnicos impressionante. Quando eu integrava a equipe juvenil da Sociedade Esportiva Palmeiras, fazia questão de assistir aos jogos do E. C. Sírio para observar a inteligência das jogadas e tudo mais que o Amaury produzia em quadra. O mesmo interesse era assistir aos jogos do XV de Piracicaba para me deleitar com as infiltrações e arremessos do Wlamir. Tentei copiá-los insistentemente. NÃO CONSEGUI.  Tive a satisfação e honra de jogar ao lado dessa dupla, em várias competições pela seleção brasileira”.

 

Amaury exibindo sua incomparável técnica contra os norte-americanos
Amaury exibindo sua incomparável técnica contra os norte-americanos
Wlamir "voando" em sua jogada característica
Wlamir “voando” em sua jogada característica

 

Anúncios