História do Basquetebol · Jogos Olímpicos · Jogos Pan-Americanos · Mundial Feminino · Mundial Masculino

Datas históricas do basquetebol brasileiro – atualização

Amigos do Basquetebol

No post publicado em 26/03/2012 sobre as datas históricas do basquetebol brasileiro, a última frase era a seguinte “Esperamos que, futuramente, muitas outras datas históricas possam preencher o espaço dos blogs e que o nosso basquetebol volte a ser potência mundial.”

Então para justificar a frase trago, em ordem cronológia anual, uma atualização dessas datas, incluindo fatos mais recentes como a reestreia do Brasil nos Jogos Olímpicos de 2012 e o título de Campeão Mundial conquistado pelo Flamengo.

7  de agosto de 1936: O Brasil fez seu primeiro jogo em Jogos Olímpicos. Perdemos para o Canadá (17×24). Este foi, na verdade, o segundo jogo. No primeiro, o Brasil venceu a Hungria por WO. O Brasil terminou a competição em 9º lugar. O técnico era Arno Frank. Os primeiros atletas olímpicos: Aloísio Accioly (Baiano), Américo Montanarini, Armando Albano, Ary Furtado (Pavão), Carmino de Pilla, José Zelaya, Luis Nunes (Cacau), Miguel Martinez, Nelson Monteiro de Souza.

30 de abril de 1939 – Apesar de ser derrotado pela Argentina (31 x 30), o Brasil conquista seu primeiro título Sul-Americano Masculino. Sob o comando dos técnicos Arno Frank e Octacíllio Braga o Brasil atuou com os seguintes atletas: Ádamo Bertulli, Adilio Soares, Agenor Montenegro, Álvaro Macedo, Américo Montanarini, Armando Albano, Celso Meyer, Cesar Porto, José Simões, Júlio Cerello, Mário Humberto, Martinho Frota, Rui Henrique, Raul de Castro e Ruy de Freitas.

13 de agosto de 1948: Ao vencer o México (52×47) o basquetebol masculino do Brasil conquistaria a Medalha de Bronze nos Jogos Olímpicos de Londres (a primeira medalha olímpica de uma modalidade coletiva para o Brasil). O técnico desta equipe era o saudoso Prof. Moacyr Daiuto e dela faziam parte os seguintes atletas: Évora, Marson, Alfredo da Motta, Marcus Vinícius, Nilton Pacheco, Gemignani, Algodão, Braz, Massinet e Ruy de Freitas.

25 de outubro de 1950: primeira partida do basquetebol masculino em Campeonatos Mundiais. O Brasil venceu o Peru (40×33). O campeonato foi realizado na Argentina e o Brasil terminou em 4º lugar. Angelim era um dos destaques da equipe dirigida por Moacyr Daiuto que ainda tinha Gemignani, Alfredo da Motta, Thales Monteiro, Celso Meyer, Montanha, Godinho, Miltinho, Plutão, Ruy de Freitas, Sebastião Amorim e Algodão.

8 de março de 1953: era a vez das meninas estrearem em Mundiais. Vitória contra Cuba (50×31). O Brasil terminou o Campeonato realizado no Chile em 4º lugar. A equipe foi dirigida por Mário Amâncio Duarte e tinha como atletas: Aglae, Anésia, Ivone, Maria Aparecida Ferrari, Martha Helga, Nívea Figueiredo, Noêmia Assumpção, Wanda Lima, Coca, Nair Kanawati, Marly Gama e Cida Cardoso.

1954 – O Brasil conquista seu primeiro título Sul-Americano Feminino. Sob o comando de Mário Amâncio Duarte atuaram as seguintes atletas: Aglaé, Anésia, Elizabeth Hunterlocher, Izaura, Laura Rodrigues, Cida Cardoso, Martha Helga, Nair Kanawati, Neide Leocádia, Nívea Figueiredo, Noêmia Assumpção, Ruth Pereira, Zilda Ulbrich (Coca) e Wanda Bezerra

5 de novembro de 1954 – O Brasil sagra-se Vice-Campeão Mundial no Campeonato realizado no Rio de Janeiro após derrota para os Estados Unidos por 62 x 41. Nossa equipe era composta pelos seguintes atletas: Algodão, Hélio Pereira, Wlamir Marques, Angelim, Almir de Almeida, Wilson Bombarda, Jamil Jedeão, Alfredo da Motta, Thales Monteiro, Mayr Facci, José de Carli, Amaury Pasos, Mário Fonseca e Fausto Resga. O técnico foi Togo Renan Soares – Kanela

31 de janeiro de 1959: devido a problemas políticos com a União Soviética (punida por não ter se recusado a enfrentar Formosa) e após a vitória contra o Chile (73×49), o Brasil é declarado Campeão Mundial. A equipe foi dirigida por Kanela e era composta por Algodão, Wlamir, Amaury, Rosa Branca, Senra, Fernando Freitas, Jatir, Edson Bisto, Otto, Pecente, Waldir Boccardo e Waldemar.

10 de setembro de 1960: O Brasil conquista o Bronze nos Jogos Olímpicos de Roma após perder para os EUA (63-90). A fase final foi disputada em um quadrangular, no qual perdemos também para a União Soviética e vencemos a Itália. Kanela era o técnico e começava a se consolidar uma das maiores gerações de atletas do basquetebol brasileiro – Algodão, Wlamir, Amaury, Blás, Mosquito, Fernando de Freitas, Rosa Branca, Jatir, Edson Bispo, Sucar, Valdir Boccardo e Waldemar.

25 de maio de 1963: o Brasil conquista o Bi Mundial após vencer os Estados Unidos (85×81). Wlamir e Amaury assombram o mundo, juntamente com Bira, Mosquito, Paulista, Rosa Branca, Jatir, Menon, Sucar, Vitor, Waldemar e Fritz. Técnico: Kanela.

23 de outubro de 1964: mantendo a excelente fase da chamada “Geração de Ouro do Basquetebol” o Brasil vence Porto Rico (79×60) e conquista o Bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Brito Cunha foi o técnico. A equipe era composta por: Amauri, Wlamir, Bira, Mosquito, Fritz, Rosa Branca, Jatir, Edson Bispo, Sucar, Vitor, Sérgio Macarrão e Edvar Simões.

6 de junho de 1967 – O Brasil é Bronze no Campeonato Mundial Masculino realizado no Uruguay após vitória sobre a Polônia (90×85). Atuaram pelo Brasil: Amaury Pasos, Sérgio Macarrão, Ubiratan, Hélio Rubens, Cesar, José Luiz Olaio, Jatyr, Menon, Sucar, Edvar, Emil Rached e Mosquito. O técnico foi Kanela.

2 de agosto de 1967 – O Brasil conquista seu primeiro título Pan-Americano Feminino em Winnipeg (Canadá) ao vencer o México por 61×58. Nossas atletas: Angelina, Delcy, Elzinha, Jacy, Laís, Lúcia Maria, Marlene, Nadir Bazzani, Neusa Maria, Nilza, Norminha e Rosália. Técnico: Renato Brito Cunha.

24 de maio de 1970: O Brasil obtém o Vice Campeonato Mundial realizado na Iugoslávia após vencer os Estados Unidos (69×65). Este jogo marcou a despedida da seleção nacional de dois dos maiores atletas do basquetebol brasileiro: Wlamir e Rosa Branca. O técnico foi Kanela e a equipe era formada por jovens revelações como Marquinhos, Hélio Rubens e Joy, além de Wlamir, Bira, Menon, Rosa Branca, Sérgio Macarrão, Pedrinho, Zezinho, Edvar e Mosquito.

24 de maio de 1971: com o ginásio do Ibirapuera completamente lotado, o Brasil venceria o Japão (77×76) com uma cesta da saudosa Nilza a 1 segundo do final. Este resultado daria ao Brasil a chance de conquistar o 3º lugar do Mundial Feminino realizado em nosso país. O técnico daquela memorável equipe era Waldir Pagan e as atletas: Laís, Heleninha, Odila, Elzinha, Nilza, Maria Helena, Norminha, Jacy, Nadir Bazzani, Marlene, Delcy e Benedita.

1971 – O Brasil conquista seu primeiro título Pan-Americano masculino em Cali (Colômbia)

14 de outubro de 1978: uma cesta fantástica do jovem Marcel (do meio da quadra no último segundo) deu ao Brasil o terceiro lugar no Mundial disputado nas Filipinas. A vitória foi contra a Itália (86×85) e começava a aparecer um camisa 14 que se tornaria o maior pontuador brasileiro em todos os tempos e cestinha absoluto em Jogos Olímpicos. Ary Vidal era o técnico da equipe formada por Marcelo Vido, Fausto, Bira, Carioquinha, Hélio Rubens, Marquinhos, Gilson, Marcel, Adilson, Agra, Oscar e Robertão.

6 de outubro de 1979 – O E.C.Sírio derrota o Bosna Sarajevo (100×98) no Ibirapuera com 15.000 torcedores e sagra-se Campeão Mundial Inter Clubes. A equipe dirigida por Cláudio Mortari era composta por: Dodi, Paulinho esteves, Saiani, Larry, Marquinhos, Marcel, Oscar, Lizão, Agra, Mike, Renatão, Marcelo Vido e Russo.

23 de agosto de 1987: O Brasil provoca a discussão sobre a inclusão dos profissionais americanos nos Jogos Olímpicos ao vencer o Campeonato Pan Americano realizado em Indianapolis (EUA) ao vencer o time da casa por 120×115 com atuações magistrais de Marcel e Oscar. A equipe era dirigida por Ary Vidal, José Medalha (assistente) e Valdir Barbanti como preparador físico. Na equipe americana atuavam futuros astros da NBA como Danny Manning e David Robinson. Para o Brasil atuaram: André, Gerson, Israel, Pipoka, Guerrinha, Marcel, Maury, Oscar, Paulo Vilas Boas, Cadum, Rolando e Sílvio.

11 de agosto de 1991: agora era a vez das meninas provocarem “crise” em Cuba. Nem a presença de Fidel Castro impediu a nossa seleção de obter o título do Pan Americano, realizado em Havana, depois de superar Cuba (97×76). As medalhas foram entregues por Fidel que se rendeu ao basquetebol praticado por nossas garotas comandadas por Maria Helena Cardoso, Heleninha. O Preparador Físico era Hermes Balbino. Nossas meninas: Adriana Santos, Ana Mota, Hortência, Janeth, Joycenara, Paula, Marta, Nádia, Roseli, Vânia Hernandez, Ruth e Simone Pontello.

30 de julho de 1992: as meninas estreiam em Jogos Olímpicos. Vitória sobre a Itália (85×70). O Brasil terminaria em 7º nos Jogos de Barcelona. A equipe era comandada por Maria Helena Cardoso e como assistente, Heleninha e era composta por: Hortência, Helen, Nádia, Vânia Teixeira, Paula, Janeth, Adriana Santos e Marta, Ruth, Joycenara, Simone Pontello e Zezé.

31 de julho de 1992: o Brasil enfrente o Dream Team, nos Jogos Olímpicos de Barcelona. Como era de se esperar, vitória dos americanos (127×83). O técnico brasileiro foi José Medalha.

12 de junho de 1994: o basquetebol feminino dá um presentão de “Dia dos Namorados” ao Brasil. Conquista o título Mundial, no Campeonato realizado na Austrália após vitória sobre a China (96×87). A equipe brasileira sob a supervisão do Prof. Waldir Pagan e tendo Miguel Ângelo da Luz (técnico), Sérgio Maroneze (assistente) e Hermes Balbino (preparador físico) contou com as seguintes atletas: Hortência, Helen, Adriana Santos, Leila, Paula, Janeth, Roseli, Simone Pontello, Ruth, Alessandra, Cyntia Tuiú e Dalila.

2 de agosto de 1996: o Brasil disputa o 5º lugar nos Jogos de Atlanta contra a Grécia e é derrotado por 91×72. Mas o fato mais importante naquele jogo não foi exatamente o resultado. Mas, sim, a despedida de Oscar da seleção brasileira. Oscar é o maior pontuador em Jogos Olímpicos (1093 pts em 38 jogos; média de 28,8 pts/jogo) e maior pontuador do Brasil em Mundiais (914 pts em 34 jogos; média de 26,9 pts/jogo). Ary Vidal era o técnico, Carlão seu assistente e a equipe brasileira nos Jogos de Atlanta foi a seguinte: Oscar, Rato, Rogério, Fernando Minucci, Pipoka, Janjão, Rato, Caio Cazziolato, Brasília, Caio Silveira, Demétrius e Tonico.

4 de agosto de 1996: novamente as meninas nos dão grandes alegrias. Medalha de Prata em Atlanta. Final contra as americanas e derrota por 111×87. Com a mesma comissão técnica que conquistou o Mundial, em 1994, o Brasil teve as seguintes atletas: Hortência, Branca, Adriana Santos, Leila, Paula, Janeth, Roseli, Marta, Sílvia Luz, Alessandra, Cyntia Tuiú e Cláudia Pastor.

30 de setembro de 2000: a vitória do Brasil sobre a Coreia deu à seleção feminina a medalha de Bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney.  A equipe comandada por Antonio Carlos Barbosa e seu assistente Paulo Bassul, tinha como preparador físico João Nunes e as seguintes atletas: Claudinha, Helen, Adriana Santos, Adrianinha, Lilian, Janeth, Zaine, Marta, Silvia Luz, Alessandra, Cyntia Tuiú e Kelly.

10 de setembro de 2011: depois de longa ausência, finalmente, o basquetebol masculino obtém vaga para voltar a disputar os Jogos Olímpicos. No Pré Olímpico das Américas, disputado em Mar Del Plata, o Brasil venceu a República Dominicana por 83×76. O Técnico Ruben Magnano, seus assistentes José Neto, Demétrius Ferraciú e Fernando Duró e o preparador físico Diego Jeleilate contaram com os seguintes atletas: Marcelinho Machado, Nezinho, Rafael Luz, Augusto Lima, Benite, Marcelinho Huertas, Alex, Rafael Hettsheimer, Guilherme Giovannonni, Caio Torres, Marquinhos e Tiago Splitter. Lembrando que três dias antes, nossa seleção conseguiu vencer a equipe Argentina por 73×71.

29 de julho de 2012 – O Brasil reestreia com vitória nos Jogos Olímpicos realizados em Londres, enfrentando a equipe da Austrália (75×71). A equipe brasileira dirigida por Ruben Magnano foi a seguinte: Marcelinho Machado, Raulzinho, Caio Torres, Larry Taylor, Alex Garcia, Marcelinho Huertas, Leandrinho, Marquinhos, Guilherme Giovannonni, Nenê, Anderson Varejão e Tiago Splitter.

28-09-2014 – O Flamengo conquista o título de Campeão Inter Continental  em duas partidas realizadas no Rio de Janeiro: Maccabi 66 x 69 Flamengo e Flamenbo 90 x 77 Maccabi. Pelo Flamengo atuaram sob a direção de José Neto:  Herrmann, Marcelinho, Danielzinho, Laprovittola, Benite, Chupeta, Marquinhos, Olivinha, Gegê, Felício, Derrick Caracter e Meyinsse

Segue um resumo das datas mês a mês:

Janeiro:

31 – Seleção Maculina Campeã Mundial Masculino no Chile (1959)

Março: 

08 – Estreia da Seleção Feminina em Campeonatos Mundiais no Chile (1953)

Abril:

30 – Seleção Masculina obtém seu primeiro título Sul Americano (1939)

Maio:

24 – Seleção Masculina Vice Campeã Mundial na Iugoslávia (1970)

24 – Seleção Feminina Bronze no Mundial no Brasil (1971)

25 – Seleção Masculina Bi-Campeã Mundial no Brasil (1963)

Junho

6 – Seleção Masculina é Bronze no Mundial do Uruguay (1967)

12 – Seleção Feminina Campeã Mundial (1994)

Julho

29 – Seleção Masculina reestreia nos Jogos Olímpicos em Londres (2012)

30 – Estreia da seleção Feminina nos Jogos Olímpicos  (1992)

31 – Seleção Masculina enfrenta o Dream Team nos Jogos Olímpicos (1992)

Agosto

2 – Úlitma partida de Oscar nos Jogos Olímpicos (1996)

2 – Seleção Feminina conquista seu primeiro título Pan Americano em Winnipeg (1967)

4 – Seleção Feminina conquista a Prata nos Jogos Olímpicos (1996)

7 – Seleção Masculina faz o primeiro jogo em Jogos Olímpicos (1936)

11 – Seleção Feminina campeão Pan Americana em Cuba (1991)

13 – Seleção Masculina é Bronze nos Jogos Olímpicos de Londres (1948)

23 – Seleção Masculina é Campeã Pan Americana em Indianópolis (1987)

Setembro:

10 – Seleção Masculina é bronze em Roma (1960)

10 – Seleção Masculina volta aos Jogos Olímpicos depois de obter a vaga no Pré Olímpico das Américas (2011)

28 – Flamengo é Campeão do Mundo ao bater o Maccabi (2014)

30 – Seleção Feminina é bronze nos Jogos Olímpicos em Sydney (2000)

Outubro:

6 – Sírio é Campeão do Mundo ao bater o Bósnia Sarajevo (1979)

14 – Seleção masculina é Bronze no Mundial das Filipinas (1978)

23 – Seleção Masculina é Bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio (1964)

25 – Seleção Masculina estreia no Mundial Masculino (1950)

Novembro:

5 – Seleção masculina é Vice Mundial no Rio de Janeiro (1954)

Continuamos buscando datas significativas para nosso basquetebol. Quem lembrar de tais datas por favor envie para atualização do post.

1948 - Brasil é Bronze em LOndres

 1948 – Brasil é Bronze em Londres

 

 

Anúncios