Opinião do autor

Dia do Profissional de Educação Física

Amigos do Basquetebol

Hoje (1 de setembro) comemoramos o dia do Profissional de Educação Física.

Em 1972 quando ingressei na Escola deEducação Física da USP descobri um mundo fantástico em que eu vislumbrava muitas oportunidades que se confirmaram ao longo desses 41 anos de carreira.

Oportunidade de conhecer um número imenso de pessoas e de ter podido contribuir para sua formação.

Oportunidade de conhecer o mundo participando de congressos, cursos, palestras, campeonatos e grandes eventos.

Oportunidade de ter trabalhado em escolas, clubes e instituições que sempre me deram o prazer de fazer muitos amigos.

Oportunidade de ter participado da organização de eventos importantes e que me proporcionaram uma outra visão da profissão, aquela além das quatro linhas da quadra.

Oportunidade de ter aprendido (e estar aprendendo) muito com muitas pessoas que me mostraram o quão importante somos para a formação de jovens que muitas vezes nos consideram tão ou mais importantes que seus próprios familiares.

Oportunidade de ter compartilhado momentos inesquecíveis com amigos, alunos e mestres.

Foi a educação física que escolhi como prifissão (apesar do susto que a família tomou quando disse que iria prestar vestibular para educação física, já que eu fazia parte de uma geração em que somente engenharia, medicina e direito eram consideradas profissões “decentes”) e de cuja decisão nunca me arrependi.

Apesar de todas as mudanças que a área passou ao longo desses anos, algumas delas negativas, tenho muito orgulho de dizer: sou Professor de Educação Física.

Em um país onde a educação é tratada como sub-produto e a ela não é dada a devida importância só espero que possamos continuar lutando pela melhora das condições de nossos profissionais. Que nunca percamos a esperança e a vontade de crescer.

Um grande abraço a todos meus colegas profissionais da área.

Exercendo minha profissão na EEFEUSP
Exercendo minha profissão na EEFEUSP
Anúncios