Opinião do autor

Os bons projetos escondidos do basquetebol

Amigos do Basquetebol

Recentemente estive em dois eventos para falar de minibasquetebol e formação profissional.

Nesses eventos (Montevideo e Rio de Janeiro, respectivamente) me deparei com uma situação interessante.

Pude constatar o número de projetos interessantes que são desenvolvidos para o desenvolvimento e divulgação do basquetebol, principalmente na sua base.

Em Montevideo (mais precisamente, Lagomar) houve uma feira de projetos onde instituições locais e argentinas apresentaram os mais diferentes projetos visando principalmente a inclusão e abrangendo não somente o basquetebol, mas também outros esportes, artes e cultura.

No Rio, informalmente, nas intervenções de colegas pude constatar a quantidade e qualidade de projetos inclusivos e voltados para a formação do cidadão através da prática do basquetebol.

Assim como no Rio, tenho muitas vezes lido nas mídias sociais sobre projetos maravilhosos que estão acontecendo pelo Brasil afora.

Ou seja, temos projetos. Temos muita gente competente trabalhando para a base do nosso basquetebol e pelo desenvolvimento do cidadão através do basquetebol. Mas acredito que temos muito mais.

Muitos projetos devem estar “escondidos” por falta de divulgação ou de incentivo das instituições que deveriam zelar pelo nosso esporte. Com certeza, são projetos tocados por abnegados que com muito pouco fazem muito pelo nosso basquetebol.

Faço parte da RIBE (Rede Internacional de Basquetebol Educativo), rede esta que visa a divulgação e o desenvolvimento do minibasquetebol pelo mundo. E um dos objetivos da rede é conhecer e divulgar projetos que tenham como objetivo a prática do basquetebol de forma prazerosa.

Fui designado como o coordenador do Núcleo São Paulo desta rede que já conta com muitos colaboradores brasileiros. E como tal gostaria de lançar um desafio aos colegas que têm projetos de basquetebol e batalham para mantê-los.

Vamos dar visibilidade a esses projetos. Vamos mapear o que acontece por este Brasil afora. Informem sobre seus projetos. Sei que muitas vezes essas solicitações se perdem no tempo  ou por falta de tempo ou mesmo por falta de interesse das pessoas em participar desses movimentos.

Eu me coloco à disposição para organizar este mapeamento. Coloco meu email à disposição para que enviem um resumo desses projetos (onde acontecem, quantos profissionais envolvidos, quantas crianças envolvidas e as fontes de recursos).

Vamos por a mão na massa

Escrevam para dante.basquete@gmail.com

 

Anúncios

3 comentários em “Os bons projetos escondidos do basquetebol

    1. Sim Mariano. Mas este é super conhecido. Eu gostaria de identificar os muitos que existem pelo Brasil sem tanta visibilidade.

  1. Boa noite Dante, aqui em SP na zona leste, mais precisamente na Vila Silvia, tem o projeto Astros Família Basketball, do qual eu faço parte, aqui como outros muitos projetos quem existem por ai não temos apoio do governo, tudo que conseguimos ate hoje foi tirado do nosso bolso e temos uma empresa que é super parceira e graças a eles conseguimos dividir tudo que conseguimos com um outro projeto que nos apoiamos, também na zona leste de SP, Guerreiros da CT (cidade Tiradentes) Espero que todos os que conheçam ou façam parte de algum tipo de projeto também divulgue, vamos nos ajudar! Obrigado pela iniciativa!!!

Os comentários estão fechados.