História do Esporte · Jogos Olímpicos

Curiosidades Olímpicas 2: o Brasil de 1960 a 1980

Amigos do Basquetebol

A série curiosidades olímpicas abordará neste post a participação do Brasil no Jogos Olímpicos de 1960 a 1980.

1960 – Roma

Número de atletas: 80 homens e 1 mulher

Esportes: Atletismo, Basquetebol, Boxe, Ciclismo, Futebol, Hipismo, Levantamento de Peso, Natação, Pentatlo Moderno, Polo Aquático, Remo, Saltos Ornamentais, Tiro Esportivo e Vela

Medalhas: 2 de bronze. Basquetebol e Natação com Manoel dos Santos nos 100m nado livre

Curiosidades

  • Nossa única representante do sexo feminino foi Wanda dos Santos que competiu na prova dos 80m com barreiras
  • Estreia do futebol com o Brasil sendo eliminado ainda na primeira fase do torneio

1964 – Tóquio

Número de atletas: 68 homens e 1 mulher

Esportes: Atletismo, Basquetebol, Boxe, Futebol, Hipismo, Judô, Natação, Pentatlo Moderno, Polo Aquático, Vela e Voleibol

Medalhas: 1  – Bronze do Basquetebol Masculino

Curiosidades

  • A única mulher brasileira a participar dos Jogos foi Aida dos Santos, 4o. lugar no salto em altura com 1m 74
  • Estreia do Voleibol Masculino com um 7o. lugar

1968 – Cidade do México

Número de atletas: 81 homens e 3 mulheres

Esportes: Atletismo, Basquetebol, Boxe, Esgrima, Futebol, Hipismo, Levantamento de Peso, Natação, Polo Aquático, Remo, Tiro Esportivo, Vela e Voleibol

Medalhas: 3 – 1 de Prata com Nelson Prudêncio no Salto Triplo e duas de Bronze: Servilho de Oliveira no Boxe (peso mosca) e na Vela – Flying Dutchman com Reinaldo Conrad e Burkhard Cordes

Curiosidades

  • A medaha de Bronze de Servilho de Oliveira é a única medalha obtida pelo Boxe masculino Brasileiro nos Jogos Olímpicos
  • Silvio Fiolo, recordista Mundial dos 100m nado de peito ficou a 1 décimo de segundo da medalha de bronze.
  • Nelson Prudêncio foi prata de depois de ter quebrado o recorde mundial, sendo superado no último salto pelo russo Victor Saneyev. Nesta prova o recorde foi superado por 9 vezes entre os dois competidores

1972 – Munique

Número de atletas: 84 homens e 5 mulheres

Esportes: Atletismo, Basquetebol, Ciclismo, Futebol, Hispismo, Judô, Natação, Remo, Tiro Esportivo, Vela e Voleibol

Medalhas: 2 – Bronze. Nelson Prudêncio no Salto Triplo e Chiaki Ishi no Judô

Curiosidades

  • No futebol três atletas se destacaram apesar da desclassificação e viriam a ser grandes craques de nossa seleção nacional: Roberto Dinamite, Falcão e Dirceu

1976 – Montreal

Número de atletas: 86 homens e 7 mulheres

Esportes: Atletismo, Boxe, Futebol, Judô, Levantamento de peso, Natação, Remo, Saltos Ornamentais, Tiro Esportivo, Vela e Voleibol

Medalhas: 2 – Bronze. João do Pulo no salto triplo e Peter Ficker e Reinald Conrad na classe Flying Dutchman na Vela

Curiosidades

  • Por não ter obtido classificação no Pré Olímpico o Basquetebol brasileiro ficou fora dos Jogos de Montreal
  • Mais grandes craques surgem no futebol e que dariam muitas alegrias ao Brasil: Edinho, Junior e Marinho Chagas
  • João do Pulo entrou nos Jogos com o Recorde Mundial do salto triplo – 17m 89 cm, marca que seria quebrada somente 10 anos depois

1980 – Moscou

Número de atletas: 94 homens e 15 mulheres

Esportes: Atletismo, Basquetebol, Boxe, Ciclismo, Ginástica Artística, Judô, Levantamento de Peso, Natação, Remo, Saltos Ornamentais, Tiro com Arco, Tiro Esportivo, Vela e Voleibol

Medalhas: 4. Dois ouros na Vela: Classe Tornado com Alexandre Welter e Lars Bjorgstrom e na Classe 470 com Marcos Soares e Eduardo Penido. Dois bronzes: João do Pulo no salto triplo e na natação (4x200m) com Jorge Fernandez, Marcos Mattioli, Cyro Delgado e Djan Madruga

Curiosidades

  • Mesmo não tendo se classificado no Pré Olímpico, o basquetebol brasileiro foi convidado a participar dos Jogos em função do boicote norte-americano.
Aida Dos Santos nos Jogos Olímpicos do México - 1968
Aida Dos Santos nos Jogos Olímpicos do México – 1968
Nelson Prudêncio e Victor Saneyev - salto de gigantes nos Jogos do México 1968
Nelson Prudêncio e Victor Saneyev – salto de gigantes nos Jogos do México 1968

Fotos: Sonho e Connquistas – O Brasil nos Jogos Olímpicos do Século XX (COB)

Anúncios