História do Esporte · Jogos Olímpicos

Curiosidades Olímpicas 4: nossos porta-bandeiras

Amigos do Basquetebol

Uma das maiores honrarias que um atleta pode receber é carregar a bandeira nacional no desfile de abertura dos Jogos Olímpicos.

Nas 21 participações brasileiras em Jogos Olímpicos, 19 atletas tiveram esse privilégio.

Sylvio de Magalhães Padilha e João Carlos de Oliveira tiveram por duas vezes esta oportunidade inesquecível.

O Atletismo é o esporte com o maior número de porta-bandeiras (8), seguido do Basquetebol (4), Vela (3), Judô (2), Tiro Esportivo, Polo Aquático, Volei de Praia e Hipismo (1).

Ano a ano esta é a relação dos nossos porta-bandeiras:

1920 – Afrânio da Costa  –  Tiro Esportivo

1924 – Alfredo Gomes – Atletismo

1932 – Antonio Pereira Lira (Atletismo)

1936 – Sylvio de Magalhães Padilha (Atletismo)

1948 – Sylvio de Magalhães Padilha

1952 – Mario Jorge da Fonseca – Basquetebol

1956- Wilson Bombarda – Basquetebol

1960 – Adhemar Ferreira da Silva (Atletismo)

1964 – Wlamir Marques – Basquetebol

1968 – João Gonçalves Filho – Polo Aquático

1972 – Luis Cláudio Menon – Basquetebol

1976 – João Carlos de Oliveira – Atletismo

1980 – João Carlos de Oliveira – Atletismo

1984 – Eduardo Souza Ramos – Vela

1988 – Walter Carmona – Judô

1992 – Aurélio Miguel – Judô

1996 – Joaquim Cruz – Atletismo

2000 – Sandra Pires – Volei de Praia

2004 – Torben Grael – Vela

2008 – Robert Scheidt – Vela

2012 – Rodrigo Pessoa – Hipismo

E 2016 quem levará nossa bandeira?

Wlamir porta bandeira 1964

Menon porta bandeira 1972 001

Wlamir e Menon – o basquetebol carregando nosso pavilhão.

Anúncios