Estatísticas · Jogos Olímpicos · Todos os posts

Jogos Olímpicos: estatísticas gerais (2) – rebotes, assistências, bolas perdidas e bolas recuperadas

Amigos do Basquetebol

Na série sobre as estatísticas dos Jogos Olímpicos vamos falar sobre rebotes, assistências, bolas perdidas e bolas recuperadas.

Rebotes

Nos rebotes tivemos uma  média de 73 rebotes por jogo, sendo 22 de ataque e 51 de defesa. Curiosamente este número aconteceu tanto no masculino, quanto no feminino.

Os Estados Unidos foram suberanos neste fundamento com média de 45,5 rebotes por jogo no masculino e também no feminino. Já a China teve, no masculino, o pior rendimento nos rebotes com média de 25,0 por jogo. O Brasil ficou no 2o. lugar com 38,2, juntamente com Austrália, Espanha e Argentina.

No feminino o Japão teve a pior média de rebotes com 28,7. O Brasil ficou em 3o. lugar com 40,8 rebotes por jogo.

Assistências

A média de assistências por jogo no masculino foi 39,0 (19,5 por equipe). A Austrália foi a melhor equipe em assistências com média de 24,3. A pior média ficou com a China, 14,6 e o Brasil ocupou a 6a. colocação com 19,2.

No feminino os Estados Unidos lideraram este indicador de jogo com média de 27,9, com o Senegal em último lugar com 15,8. O Brasil ocupou o 10o. lugar com média de 17,6.

Bolas Perdidas

No masculino a média de bolas perdidas por jogo foi de 28,0 (14,0 por equipe). A Espanha foi a equipe mais eficiente perdendo somente 11,1 bolas por jogo. A China foi a pior com média de 18,0. O Brasil com média de 12,4 foi a 3a. melhor equipe neste item.

No feminino a Turquia e o Japão lideraram as bolas perdidas com média de 10,8, enquanto a pior equipe foi o Senegal com 20,8. O Brasil ficou em 11o. lugar com 20,2 bolas perdidas por jogo.

Bolas Recuperadas

A média por jogo no masculino foi de 28,0 bolas recuperadas por jogo (14,0 por equipe). Os Estados Unidos com 8,8 de média foi a melhor equipe e a Nigéria a pior com 4,8. O Brasil ficou em 7o. lugar com 7,8.

No feminino a média foi de 15,6 bolas recuperadas por jogo (7,8 por equipe). A Sérvia teve a melhor média – 11,4, enquanto a China a pior com 4,6. O Brasil foi o 8o. colocado com 8,0.

Anúncios