NBB · Opinião do autor · Todos os posts

A força da LDB

Amigos do Basquetebol

Depois de umas férias merecidas (afinal ser aposentado não é fácil) volto mais uma vez para o Viva o Basquetebol em um momento muito especial do nosso basquetebol.

Estamos vivendo as finais do NBB, nosso mais importante campeonato e constatando uma mudança muito interessante no retrato desse campeonato que trouxe para as semifinais equipes que apostaram nos jovens talentos.

Evidentemente que aqui não se trata de menosprezar as equipes que investem altos em atletas consagrados como é o caso do Flamengo e de Bauru que optam por esse tipo de modelo de montagem de equipe. Mas sim de enaltecer o aproveitamento dos jovens talentos que surgem no nosso basquetebol, mas que, nem sempre, têm o devido reconhecimento e espaço nas equipes.

O que vimos e estamos vendo nessa trajetória final do NBB é o predomínio de equipes que não tiveram medo de dar oportunidade a jovens que surgiram, em sua maioria , do maior projeto de base já surgido neste país desenvolvido pela Liga Nacional de Basquete, promotora do NBB. Refiro-me à LDB (Liga de Desenvolvimento de Basquete).

Participei como coordenador de praticamente todas as edições deste evento e pude ver “in loco” o aparecimento de promessas que hoje se mostram totalmente preparadas para assumir o protagonismo do do nosso basquetebol.

Ver atletas que iniciavam sua trajetória na LDB e que hoje defendem de forma brilhante suas equipes é um prazer muito grande. É simplesmente o coroamento de um trabalho incessante que envolveu e envolve muita gente (dirigentes, técnicos, comissões técnicas e árbitros) e que deve ser elogiado de forma muito eloquente.

Não posso aqui cometer injustiças e citar nomes, correndo o risco de esquecer muita gente que passou por esse processo de formação (já que cabeça de aposentado também tira férias).

Mas como uma homenagem a todos esses garotos que hoje são as estrelas do NBB destaco que na final  (Paulistano  x Bauru) temos cerca de 15 jovens oriundos da LDB que dão colorido especial ao espetáculo, muitos deles assumindo a posição de titularidade de suas equipes.

Desta forma só me resta agradecer a Liga pelo projeto LDB e torcer para que ele continue. Tenho a certeza que o basquetebol brasileiro terá muito a lucrar com essa iniciativa.

Anúncios