Dante De Rose Junior

Professor Aposentado da USP. Ex-Técnico de Basquetebol.

Anúncios

56 comentários em “Dante De Rose Junior

  1. Entendo que o Basquete Brasileiro sempre teve uma equipe de primeira. Falta organização. Me preocupo com o Nezinho, espero estar enganado.
    Boa sorte e forte abraço.
    Prof. Igor

    1. Igor
      Desculpe a demora na resposta
      Acho que estamos precisando rapidamente de uma renovação. Em 2014 quantos jogadores deste atual tima estarão jogando pela seleção?
      E nosso maior problema continua sendo a armação. Sem o Huertas como ficaremos?

    2. como digo um otimo aproveitamento no basquete feminino
      mais tenho aq na minha cidade uma menina de 15 anos chamada de liliane amancio basta uma oportunidade a ela c vc ver ela joga eimpecavel o basketbol dele joga muito asta uma chance so nao sei com quem eu falo pra ela dar o primeiro passo pro futuro e e uma das futuras do basquetebol brasileiro uma chançe em vela joga e sem palavras vc vai fikar ao falar dela abraço t++

  2. conheci o sr.no parque chico mendes treinado com meu pai e o senhor me passou uma energia muito boa.basquete e energia e amor

  3. Vinícius

    Continue se esforçando e você será recompensado. Mas nunca deixe outras coisas importantes da vida de lado, como estudar. O basquete pode não durar para sempre.

    Dante

  4. olá, sou de breves (pará) e faço faculdade de pedagogia. meu projeto de monografia é voltado para a área de educação física nas séries iniciais, no entanto não há quem oriente meu projeto, já que não há professores de educação física na minha faculdade. estou utilizando seu livro como base, gostaria muito de sua ajuda, mesmo que apenas com algumas ideias por e-mail. obrigada

    ps.: admiro muito seu amor e esforço pelo basquete. precisamo de pessoas que alavanquem essa modalidade, assim como o sr.

  5. Olá professor, tudo bem?
    Estou em fase inicial de meu trabalho de conclusão de curso e estou muito interessado em fazâ-lo na área de treinamento desportivo, mais precisamente sobre o basquetebol. Comprei um de seus livros (basquetebol: uma visão integrada entre ciência e prática) li e isso me deixou muito interessado nessa área. Gostaria de poder entrar em contato contigo para conversar sobre o assunto. Poderia me passar seu e-mail? Desde já agradeço sua atenção…
    Grande abraço.

  6. muito bom trabalho professor! o brasil tem atletas e tecnicos capazes. estamos no caminho certo ,muito trabalho,dedicaçao e amor pelo esporte.as pessoas que criticam negativamente logo perceberam que o trabalho vai dar resultado.e se juntaram para ajudar.

  7. Olá Professor!
    Fiz o curso da ENTB nivel 1 e foi sensacional,rever velhos amigos e conhecer pessoas do meio, ex- atletas e profissionais preocupados com o nosso basquete. Conversei com Ricardo Bojanich, que na minha opinião é um excelente profissional e tem facilidade em transmitir o conhecimento adquirido ao longo de suas experiências,Paulo Basul, Lula Ferreira, e todos os profissionais que ali estavam principalmente o Sérgio Maronese(fui monitor dele na faculdade e aprendi muito pena que ele não palestrou).
    Alguns amigos meus receberam emails da escola de treinadores… será que anotei meu email errado? Vou repassar-lo para qualquer eventualidade: reinaldolag@hotmail.com .
    Forte abraço Dante e foi um prazer conhecer-lo pessoalmente, através de pequenas atitudes construimos grandes alicerces, boas sementes em solo fértil terá grandes possibilidades de gerar bons frutos.
    Abraço

    Reinaldo Almeida
    Educador
    IJA/IPM

    1. Bom dia Reinaldo, sou Antonio pai de Victor, aluno seu no ano passado no Poli Esportivo de Diadema, tomei a liberdade de te escrever por aqui, sendo que o seu e-mail deve estar com algum problema só retorna as msg e como é o unico contato q tenho seu. então quero ver junto a você um oportunidade para que o meu filho possa ter um futuro promissor no basquete ja vendo que ele tem interesse no esporte.
      Bom como você saiu das aulas dele não sei, se estar por dentro do que acontece la hoje, ma vejo que o meu filho ficou bem desmotivado nas aulas, e não gostaria de ver esse brilho sumir do rosto dele, portanto contando com sua ajuda. gostaria saber se ha possibilidade de encaminhar ou até mesmo auxiliar ele nessa caminhada.

      Espero um contato de sua parte

      Antonio José
      tonyjjose@hotmail.com
      81573497

  8. Boa noite, sou atleta de basquetebol da FTC e aluno de Educação Física aqui em Salvador-Ba. Estou procurando assuntos para colocar na minha monografia, cujo o tema é “Lesões Ortopédicas no Basquetebol”. Como são escassos assuntos sobre nossa modalidade em livros, gostaria de pedir sua ajuda a buscar alguma referência. Qualquer suporte é de grande valia! A propósito, esse site foi uma idéia ótima e vai ajudar muitas pessoas, obrigado. Grande abraço.

  9. prof.tudo bom . em relaçao ao post de 03.04.11. nao tenho aula de basquete na minha escola.tive que procurar um lugar para poder aprender e praticar (clube).tenho 12 anos e pretendo ser um jogador de alto nivel como conseguirei ser se nao começar agora,sera que com 15 anos ou mais nao terei perdido tempo.sera que com 15 16 anos nao terei mudado as minhas ideias,estudo namorada etc..conheço meninos que sao bons fisicamente,taticamente mas perdem para o psicologico,ou sao bons pscologicamente,tatico mas nao cuidaram do fisico por nao terem a educaçao que o basquete exige lembrando que esses fatores que citei e mais alguns tem que ser trabalhados juntos . sera que podem ser exercitados com 12 anos por exemplo para futuramente ser um atleta mais completo.o sr. colocaria na sua seleçao sub 15 jogadores que nao tiveram comprometimento com com a parte fisica a tatica a parte psicologica, nutricional, etc..obrigado prof.

    1. Caro Vinícius
      Muito legal sua colocação. É claro que você pode e deve praticar desde cedo. Mas há um problema crônico no basquetebol e que os nossos treinadores insistem em não perceber. Os jovens são levados desde cedo a uma especialização. Então aquele garoto grande logo é colocado como pivô e só recebe orientação para jogar como pivô. Então, aos 15 se ele não crescer muito não poderá jogar como pivô e ele não consegue mais jogar. Temos que pensar na formação de jogadores e não de campeões para um único campeonato. Um jogador de verdade tem que ter uma formação completa, como você coloca e isto é conseguido através do tempo e não numa única temporada. POr isto é importante que se pense a longo prazo e não somente no que irá acontecer naquele momento.
      Continue batalhando mas não esqueça que o basquetebol não é a única coisa na vida. Se você se organizar terá tempo para tudo.

      Abraços

      Dante

  10. Boa noite professor.

    Sou ex-atleta de basquete e atualmente estou terminando minha graduação em Ed. Física, pela UNESP/ BAURU. Como ex-atleta, pretendo me ingressar nessa área técnica e académica. Pesquisando em alguns blogs, me atento para a área de iniciação ao basquetebol, em sua opinião, será esse o mercado futuro para quem gosta dessa área?…Sei que ela é a base e o princípio de mudança para o atual quadro do bskt de nosso país, então queria saber qual sua opinião. Estou também formulando um blog para poder ter mais contato com pessoas do meio e que se interessem por alguma mudança, entretanto, o professor conhece algum blog que aborda o basquetebol com um olhar da pedagogia dos desportos coletivos? Praxiologia motriz, etc? estudo essa área e queria montar um blog com discussões nessa perspectiva…obrigado desde já jhonatan cintra

  11. Professor, talvez vc não se lembre de mim. Renata rodrigues sua aluna na ESEF jundiai la pelos anos 70. Gostaria de entrar em contato com vc pra botar os assuntos em dia. Meu email é renata.mique@hotmail.com. Se der me responda

  12. professor o que o sr. acha dos jagadores brasileiros que atuam na nba negarem a seleçao brasileira e um americano, lary querer defender a nossa seleçao.

  13. prof. tudo bem,eu assisti o jogo entre brasil e argentina sub 19
    final do jogo brasil ganhando por diferença de tres pontos faltando +-7 segundos para o final do jogo bola da argentina nao podiamos tomar uma bola de tres.tomamos!!! nao seria melhor ter feito uma falta e trocar essa bola por dois arremessos livres .me ajude no raciocinio,pois estou começando agora a jogar e conhecer o basquete. obrigado

  14. Olá Prof. Dante! Tudo bem? Meu nome é Rodrigo Baeta e participei do curso de capacitação nível I, em Belo Horizonte! Sou prof. de basquete de escolinha de esportes faz 10 anos! Primeiramente, gostaria de parabenizá-lo pelas ótimas palestras ministradas pelo senhor e também, pelos excelentes materiais produzidos (livros e fitas vhs – estas já fôram convertidas para dvd por minha esposa) sobre basquetebol! Prof., como sugestão para o próximo encontro da ENTB, gostaria que fosse incluída palestra de um árbitro para abordar a questão das regras do basquetebol: quando e quais as regras deverão ser ensinadas para as diferentes faixas etárias! Em relação à prova a qual fomos submetidos (50 questões de V ou F), já existe uma previsão da divulgação dos resultados? Grande abraço e muito obrigado pelos relevantes serviços prestados ao basquetebol! Que Deus abençoe ao senhor e a toda à sua família! Rodrigo.

  15. Olá Prof. Dante, tenho um filho que joga basquete e também estuda na USP, gostaria de saber como ele pode entrar em contato com o sr.
    Obrigado

  16. Meu caro amigo Prof. Dante
    Fico feliz de poder entrar em contato contigo e parabenizá-lo por continuar em defesa do nosso basquetebol, e em especial em defesa dos técnicos.
    Prof. Gerson Rodrigues Sobreira – Curitiba Pr.

  17. Boa noite!
    Dante, serão 12 ou 16 países nas olimpíadas.
    Na wiki diz que para as olimpíadas de Londres serão
    16, é verdade.
    Obrigado, Sidney.

  18. Olá Dante.
    Boa Tarde. Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo conteúdo.
    Teria um email para contato?
    Obrigada.

  19. Dante boa tarde ! eu perdi os meu trabalho pelo vìrus , e não consegui recuperar o mesmo. tem como eu entregar em oputro dia . pois até o dia 1º de Dezembro não será possivel envia-ló.
    Obrigado aguardo uma resposta.

  20. – este site é maravilhoso!!!seria muito interessante dicas de livros para quem atua na área academica já que odono do site é um mestre tambem neste assunto…..

  21. Olá Prof.

    Penso que o basquetebol no Brasil ainda é conservador, sendo difícil o implantação de novas metodologias tanto na gestão da modalidade quanto na preparação de atletas de rendimento. Qual é a sua opinião quanto a isso e os principais objetivos da escola de treinadores?

    Abraço!

  22. Gostaria, de saber como colocar o meu filho para fzer basquete
    ele tem 14 anos e 1,80.
    Ele tem interesse em fazer basquete.

  23. Professor Dante,
    Estou escrevendo um livro sobre a cronologia do basquete no Brasil.
    Eu sei que o senhor é um estudioso e conhecedor do basquete e também domina na área de estatísticas nos esportes.
    Pois bem, quero fazer uma pergunta ao senhor,
    – Em que ano foi adotado o que é hoje em relação as posições dos jogadores de basquete? Antigamente, não sei até que ano, usava-se simplesmente defensores (guard), e atacantes (forward), a partir do ano que pergunto ao senhor, passou-se a nominar como armador ou base, escolta, lateral ou ala, ala-pivô ou ala de força e pivô, o que vem até os dias de hoje.
    Se o senhor puder ajudar-me, agradeço antecipadamente,
    Josué Jorge Junior
    Castro PR
    josue-jorge@hotmail.com

  24. Prezado DANTE,
    Desejo parabeniza-lo pelo exelente trabalho em prol do nosso BASQUE-
    TE. Coloco-me a disposição para fornecer melhores informações sobre
    o Mundial de 1954, em que fomos Vice, no ensejo da inauguração do
    Maracananzinho.Ainda possuo revistas, recorte de jornais da época e
    certamente minha medalha de prata, com muito orgulho. Acho que com
    a Seleção de 54, começou a arrancada do nosso Basquete no cenario
    mundial, com as subsequentes conquistas de 59 e 63.
    Um grande abraço, Gedeão.

  25. Professor De Rose, bom dia. Preciso se há a possibilidade de o sr. ministrar um curso (4 ou 8 hs) para professores de esportes. Gostaria de um e-mail ou outro caminho (que não aqui) para maiores detalhes e informações.
    Obrigado.
    Prof. Eduardo

  26. olá, me chamo ana, tenho um filho de 14 que se chama leonardo, que adora basquete, ele tem 1.87 mt e sabe la´Deus até ontem vai crescer, já calçando numero 45! bom, ele joga basquete na escola dele, onde está cursando o último ano do 1º grau (9º ano), e o sonho dele entrar para um basquete mais profissional, gostaria muito de poder realizar o sonho dele,
    por favor se alguém souber de dizer qual é o caminho eu agradeceria muito, moramos em porto seguro na bahia e já pesquisei por aqui e não tem escolar profissionalizante de basquete.
    meu e-mail é anallyce@hotmail.com
    grata
    Ana

  27. Olá. Gostaria de saber como identificar uma defesa individual ou zona e a defesa que marca parte individual parte zona.Outra pergunta é que estava vendo alguns jogos da finais da NBA dos anos 90 e a pontuação era mais baixa que nos jogos de hoje. porquê? as defesas são melhores hoje ou os arremessos são mais precisos?

    1. Caro João
      Você precisa observar se os defensores acompanham os atacantes em suas movimentações. Na defesa Zona os defensores guardam “posições”. Na mista, normalmente, um jogador é responsável por um atacante. Os demais guardam as posições. Quanto ao placar da NBA não há um motivo aparente. Talvez o uso do arremesso de 3 pontos tenha se tornado mais frequente.

  28. Olá Dante! Sou a Eduarda, estudante de Educação Física pela Universidade Católica de Brasília, estou fazendo um artigo científico, cujo tema é “Análise do autoconceito de atletas de basquetebol de alto rendimento”. Li alguns artigos e todos utilizaram como instrumento a Escala Fatorial de Autoconceito (EFA), gostaria de utilizar esse instrumento no meu artigo também, porém não sei onde achar. Você tem esse instrumento ou sabe onde posso comprar? Ou sabe me dizer se posso utilizar outro instrumento?
    Vou deixar meu e-mail: duda_craa@hotmail.com
    Desde já agradeço!

  29. Pô Dantinho. Nos conhecemos na infância/ adolescência. Morava na Rua Rafael Correa Sampaio e seus avòs maternos eram meus vizinhos. Não sei se vai lembrar disso. Seu pai era irmão do meu tio Angelo, casado com mia tia Lídia e cheguei a ir até o clube São Caetano e Instituto de Ensino com você e o Jesus. Muita saudade daquela época. Se isso puder chegar até você, ficarei muito feliz. Lembro até que seu avô fazia iô-Iô de jacarandá para nós brincarmos.
    Sou o Carlinhos ( Finatti ) e temos aproximadamente a mesma idade. Muito feliz de você ter continuado no basquete e feito carreira com o esporte. Um abraço.

  30. Olá Professor,
    Tudo bem?
    Sou professor da cadeira de Basquetebol na UEL – Londrina.
    Estou tentando comprar seu livro – Basquetebol: uma visão integrada entre ciência e prática.
    No entanto, na Ed. Manole ela está esgotado, assim como outras que tentei.
    Poderia me dizer onde posso encontra-lo?

    Obrigado
    Hélcio

  31. Bom dia Professor Dante
    estou engatinhando neste site e confesso ele me completa o qual o parabenizo pela iniciativa.
    Certeza que lerei tudo pois o Basquetebol é apaixonante bem como os amigos que se formam ao longo de uma trajetória esportiva como é a minha.
    Professor obrigado por tudo que me ensina.
    um forte e sincero abraço.

  32. Parabéns pelo Blog amigo Dante de Rose. Saibas que o basquete é uma das minhas alas espirituais na adolescência. Armador na minha formação como pessoa de caráter ético. E, pivô nas horas mais difíceis da minha vida. Foi no basquete, que aprendi a ter fé, coragem, perseverança e otimismo por toda a vida. Obrigado pelo trabalho maravilhoso!

  33. Ola Dante, achei o seu post sobre o acampamento Tigers. Nossa que época boa, me diverti muito lá. Participei uns 2 ou 3 anos, foram mágicos. Fiquei muito contente em ver a foto classica do Tigers e estar nela, adorava usar quela camiseta!!!

    Hoje mais velho eu posso agradecer pela sua iniciativa, muito obrigado mesmo!!!

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s